A HIDROPONIA É UMA TÉCNICA COM BASE ESSENCIALMENTE INORGANICA?

Considerando a História da Hidroponia, o real início desta tecnica foi à volta de 1680, quando John Woodward cultivou plantas de menta em soluções aquosas de diversos tipos de solo com matéria organica decomposta.

Estas experiências foram, na verdade, o embrião da Hidroponia, e as soluções aquosas utilizadas, continham nutrientes de origem organica.

Hoje, podemos considerar tres tipos ou formas de hidroponia - Inorganica, Organo-Inorganica e Organica.

Na prática da Hidroponia Inorganica, as plantas são alimentadas através de uma solução aquosa de sais minerais altamente solúveis e de elevada pureza, a nível farmacêutico, ou a nível PA (Para Análise).

Esta solução aquosa é chamada de Solução Nutritiva ou Solução de Nutrientes, e os elementos minerais que as constituem, são dosados de forma equilibrada com as necessidades alimentares de cada planta, em cada estágio de seu desenvolvimento.

A solução nutritiva, até certo ponto, reproduz artificialmente a Solução do Solo, que a Natureza nos proporciona.

Hoje, a bem da verdade, podemos afirmar que não existe Hidroponia Inorganica.

Analisando visualmente e ao tacto as raizes das plantas cultivadas por hidroponia inorganica, podemos notar nelas um filme gelatinoso e escorregadio, constituido pelos dejectos dessas plantas.

E ao microscópio podemos observar que esses dejectos aderidos às raizes, estão altamente povoados de bactérias que deles sobrevivem, decompondo-os biològicamente, e dejetando por sua vez, vários outros compostos organicos e inorganicos.

Esses compostos, na sua maioria, dissolvem-se novamente na água que compõe a solução nutritiva.

Os compostos inorganicos ionizam-se, e são novamente absorvidos pelas plantas, e pelo menos alguns dos compostos organicos, de cadeia muito pequena, presume-se que também sejam absorvidos.

A Hidroponia Organo-Inorganica, é essencialmente uma forma de Hidroponia Inorganica, sendo que à solução nutritiva nela utilizada, são adicionados alguns compostos organicos mineralizados, extraidos da Natureza, seja para aumentar a produtividade das plantas, seja para aumentar o valor nutritivo das mesmas.

Esta prática, integra uma das muitas outras estudadas e aplicadas na Bioponia.

A Hidroponia Organica é uma técnica muito recente, e ainda estamos no início dos estudos cientificos da mesma.

No entanto já é muito utilizada no mundo inteiro, com excelentes resultados, muitas vezes melhores do que os obtidos pela hidroponia inorganica, lògicamente, dentro de suas limitações.

De forma sucinta, na Hidroponia Organica, a solução nutriva é obtida a partir de matérias organicas biodecompostas através do sistema convencional de compostagem, ou através da Biodigestão das mesmas em equipamentos denominados Biodigestores e ou Biofiltros.

A Hidroponia Organica vai de encontro à afirmação da maioria dos agricultores tradicionais, em especial os que se dedicam à prática da agricultura organica, de que, a Hidroponia é um processo inorganico

As plantas cultivadas pela Hidroponia Organica, apresentam uma diferença marcante comparadas àquelas cultivadas pela agricultura organica convencional.

Elas apresentam elevadíssimo nível asséptico, podendo ser consumidas pelo ser humano e por outros animais superiores que delas se alimentam, com toda a segurança no que tange a eventuais contaminações com bactérias patogenicas.

Finalmente, podemos concluir que a Hidroponia não é uma técnica com base essencialmente inorganica.

seta